Apresentação sobre a vida financeira dos bispados asiáticos (c. 1558-1668) no Brasil

Pintura do Seminário da Boa Morte, Mariana, Brasil,  por Hermann Burmeister (1853)

Kevin Soares participa na conferência internacional The Government of the bishops in the dioceses of the Portuguese Seaborn Empire, from Asia to America 1515-1750 que decorrerá entre 24 e 25 de outubro de 2019 na Universidade Federal da Bahia, Salvador da Bahia (Brasil).

O historiador apresenta a comunicação:

As implicações da privação de côngruas para o governo e provimento dos bispados asiáticos (c. 1558-1668)

Resumo
É objetivo trazer novos elementos sobre a vida financeira dos bispados asiáticos, procurando perceber qual a dimensão e os impactos do incumprimento dos pagamentos das côngruas episcopais para o seu governo e enquanto fator determinante para a sua pouca atratividade e para a expansão da malha diocesana no império português

Some results of the absence of episcopal payments to the government and appointment of the Asian bishoprics (c. 1558-1668)

Abstract
It is objective to bring new elements about the financial life of the Asian bishoprics, aiming to understand what was the real dimension and the consequences of the absence of payment of the incomes of bishops to the government of their dioceses and as a factor that determined the reduced attractive of those territories and that limited the expansion of the diocesan network in the Portuguese Empire

A Conferência visa debater e avaliar, em chave de história conectada e comparada, o impacto do governo episcopal no processo de implantação do catolicismo no império ultramarino português, matéria ainda não afrontada de forma consistente pela historiografia. Terão os bispos constituído um elemento incontornável no processo de expansão da fé católica? Que perceções formaram dos territórios e das pessoas que governaram? Qual o impacto da sua acção na vida das populações e na configuração da sociedade colonial? Que papel lhes coube no processo de confessionalização e de afirmação da autoridade do rei no império? De que modo marcaram fisicamente os espaços diocesanos? Tiveram modelo de ação próximo ou distinto dos bispos espanhóis ultramarinos? Para responder a estas e outras questões esta Conferência acolhe propostas relacionadas com as seguintes temáticas:

    1. – A administração episcopal: estruturas e rede de agentes;
    1. – Dinâmicas de atuação episcopal;
    1. – Relações e impacto: com as populações e com outros poderes responsáveis pela difusão e vigilância do catolicismo;
    1. – Perceções, cerimónias e mecenato;
                      – O património construído.

 

Ângela Barreto Xavier faz parte do Advisory Board.

Para mais informações sobre a conferência ver aqui.