Espaço Museológico abre no Lubango

Inauguração do Espaço, com apresentação de Fernanda Lages e Inês Ponte, para os participantes na III Conferência de Saúde Mental no ISPTundavala. Fotografia de Armando António.
Pormenor das secções “Cestaria e Moagem” e “Instrumentos usados no trabalho de campo por Ruy Duarte de Carvalho”. Fotografia de Inês Ponte.
Pormenor da Secção “Cerâmica”. Fotografia de Inês Ponte

Na recente passagem do fundo do antropólogo, cineasta e escritor Ruy Duarte de Carvalho (1941-2010) para depósito no Instituto Superior Politécnico da Tundavala,  a direcção da Instituição convidou a antropóloga Inês Ponte, que mediou o depósito a pedido dos herdeiros deste, a fazer uma proposta de curadoria para esse fundo.  Com o apoio de Marcelo Cândido, gestor do espaço, e de Eduarda e Virgilio Victória Pereira na logística e montagem, foi inaugurado nas III Jornadas de Saúde Mental do ISPTundavala a 11 de Outubro.

Desde dessa data que o Espaço Museológico do ISPTundavala alberga uma exposição temática sobre dimensões sócio-culturais da região do Sudoeste de Angola, bem como um Herbário, coordenado por Fernanda Lages (ISCED-Huíla), dedicado às plantas existentes na área do campus, situado entre a Humpata e a Tundavala.

O fundo de Ruy Duarte de Carvalho consiste em cerca de 300 peças, permitindo invocar várias dimensões da vida quotidiana de populações rurais desta região, tendo também uma forte componente de apresentação da sua vida e obra, como também uma secção de fauna e naturalia diversa que recolheu ao longo da sua vida. O ISPTundavala está também a constituir fundos próprios.

Este espaço vem acrescentar-se ao panorama museológico da cidade do Lubango, província da Huíla, Angola, propondo-se como um recurso para os estudantes da instituição, aberto também a qualquer interessado.

Pode aceder à notícia lançada pela Angop a 11 de outubro, aqui.

Partilhar