Portugal visto por mulheres fotógrafas estrangeiras

Ingeborg Lippmann com um guerrilheira da Frelimo CORTESIA FUNDAÇÃO MÁRIO SOARES

Para onde olharam elas — Portugal visto por mulheres fotógrafas estrangeiras‘, artigo de Filipa Lowndes Vicente no Ípsilon, separata do Jornal Público, sobre o trabalho de mulheres fotógrafas estrangeiras que captaram Portugal entre 1930 e 1975, publicado a 10 de Março de 2019.

“Quando em Portugal se implementava um regime político autoritário na década de 1930, a fotografia experimentava um fulgor excepcional, saindo dos estúdios e das mãos dos “profissionais”. Entre os inúmeros fotógrafos estrangeiros que aterraram em Portugal durante o Estado Novo, contam-se muitas mulheres. Percurso breve pelo trabalho de mulheres fotógrafas estrangeiras que captaram Portugal entre 1930 e 1975.”

Retrato da produção fotográfica de uma série de mulheres estrangeiras, e da diversidade dos seus contextos de vida e trabalho.

Partilhar