Uma festa para viver: independência de Angola

Fotograma do documentário “Uma Festa para Viver”
Miniatura de apresentação do documentário “Uma Festa para Viver”

No âmbito das comemorações do dia da independência de Angola dinamizadas pelo Instituto Superior Politécnico da Tundavala, Inês Ponte apresentou o filme documentário “Uma Festa para Viver” , de Ruy Duarte de Carvalho (1941-2010), moderando a discussão após a exibição. A exibição teve lugar dia 9 de Novembro no auditório Ruy Duarte de Carvalho, ISPTundavala, Lubango, Angola.

Um relevante documento histórico, “Uma Festa para Viver” (35 min; Produção da Televisão Popular de Angola, canal 2, programa experimental; Realização da equipa Chatertone) foi filmado durante 15 dias antes da Independência de Angola. O filme decorre em contagem decrescente, retratando as expectativas de uma familia do Bairro da Cazenga em Luanda, dos trabalhadores da TAP, e a cerimónia que teve lugar neste bairro periférico da capital no escolhido dia 11 de Novembro.

O filme está acessível em linha no repositório RDC Virtual, dedicado ao trabalho deste antropólogo, escritor, cineasta de origem Portuguesa, que se naturalizou Angolano.

Partilhar