Padre António Vieira: por uma história informada e plural

Padre António Vieira: por uma história informada e plural

O debate público sobre a estátua de Pe. António Vieira em Lisboa é analisado em novos artigos de Ângela Barreto Xavier (ICS-UL) e Pedro Cardim (FCSH-NOVA e investigador associado do ICS-UL).

Ângela Barreto Xavier, no Público, de 25 de Junho de 2020: “A ironia intrínseca à estátua do Padre António Vieira”:

“A estátua do padre António Vieira apresenta, também, uma outra ideologia. Essa ideologia é bem diferente daquela que apoiantes e opositores lhe atribuem.”

 

Pedro Cardim, no jornal Expresso de 25 Junho de 2020: “Por uma visão mais informada e plural do Padre António Vieira”:

“A estátua de Vieira retrata de uma forma caricatural a colonização portuguesa na América e o papel desempenhado pelo jesuíta, em especial no que respeita aos ameríndios. Aqueles que se revêem nesta estátua demonstram ignorar grande parte da investigação mais recente sobre o tema.”