Colonialismo-tardio, pós-colonialismo e cultura popular nos subúrbios de Maputo

Matheus Serva Pereira publicou o artigo “Colonialismo-tardio, pós-colonialismo e cultura popular nos subúrbios de Maputo: um olhar a partir da marrabenta (1945-1987)” na revista Africana Studia. O artigo integra o dossiê “Culturas populares e urbanas em África”. 

Colonialismo-tardio, pós-colonialismo e cultura popular nos subúrbios de Maputo Read More

“Les Portugais ne sont pas racistes”. De l’historicité d’une tradition inventée.

Artigo de Cláudia Castelo no Carnet de L’EHESS: Perspectives sur l’après – George Floyd, 2021, aborda a complexa história da ideia de que Portugal não é racista e as suas reverberações num presente em que se debate as heranças do colonialismo. Versão em francês e em inglês.

“Les Portugais ne sont pas racistes”. De l’historicité d’une tradition inventée. Read More

Quem merece possuir colónias, coleções e conhecimento? História natural em negociação entre Lisboa, Londres e Paris no longo século XIX

Filipa Lowndes Vicente, Reflexos. Revue Pluridisciplinaire du Monde Lusophone. 2021. Quem merece possuir colónias, coleções e conhecimento? História natural em negociação entre Lisboa, Londres e Paris no longo século XIX.

Quem merece possuir colónias, coleções e conhecimento? História natural em negociação entre Lisboa, Londres e Paris no longo século XIX Read More

Uncrowned kings: rituals and ritual objects in eighteenth–nineteenth century Portuguese royal acclamation ceremonies

Isabel Correia e Silva, com Miguel Metelo de Seixas. 2020. European Review of History: Revue Européenne d’Histoire.

As cerimónias de aclamação da monarquia portuguesa durante os séc. 18 e 19, como reveladores das caracteristicas simbólicas desta, bem como das dimensões da sua legitimidade estrutural.

Uncrowned kings: rituals and ritual objects in eighteenth–nineteenth century Portuguese royal acclamation ceremonies Read More